Os computadores “prejudicam a aprendizagem”

EllipticalBitesizedCarp[1]Jordi Martí é professor de TIC, mas isso não o impede de defender, num bom texto, e com ideias claras e bem fundamentadas, que o uso sistemático dos computadores na sala de aula – ou dos telemóveis, o que vai dar ao mesmo – traz mais prejuízos do que benefícios aos alunos.

Aliás, não é só este professor espanhol que o defende, há cada vez mais estudos que demonstram que ter na sala de aula um computador, ou dispositivo similar, para uso individual e não supervisionado, para cada aluno, aumenta a distracção. E se isto prejudica todos os alunos, é ainda pior para os que têm mais dificuldades, que tendem a ser justamente os que têm menor capacidade de concentração.

[…] a imensa maioria dos alunos são incapazes de se concentrar quando têm a possibilidade de, com um simples botão, mudar de tarefa, aceder à rede ou, simplesmente, fazer um scroll infinito pelas suas contas de Instagram. Vá, deixemo-nos de palhaçadas e digamos de uma vez que a introdução de elementos informáticos num modelo um para um ou planear o BYOD (que cada aluno traga o seu equipamento) foi um erro.

Por muito sedutor que seja pensar assim, na verdade os jovens não são multitarefa. O que vamos vendo, à medida que a tecnologia irrompe e cria dependências, é um número crescente de adolescentes dispersos e, perante tantas solicitações, incapazes de se concentrar no que, sendo importante, não é portador de um estímulo ou recompensa imediata.

Jordi Martí defende o uso limitado da tecnologia na aula para fazer coisas concretas, devidamente planeadas. Acha recomendável que em cada sala de exista um pequeno número de computadores para serem usados nessas circunstâncias. Mas só recomenda o uso de um computador por aluno nas aulas de TIC. Rebate as ideias feitas de que “está tudo no google”, ou de que a caligrafia e a ortografia, “no século XXI”, não interessam para nada. E adverte dos riscos da tecnologia na educação: os trabalhos escritos baseados na Wikipedia, o centrar da aprendizagem na ferramenta e não no processo educativo, os efeitos especiais a embrulhar apresentações vistosas mas carentes de substância.

O nosso colega enumera um conjunto de situações em que as tecnologias claramente não devem ser usadas. E isso é sempre que o seu uso:

  • Se faz em detrimento de competências básicas que os alunos devem desenvolver (leitura, escrita, expressão escrita, cálculo mental);
  • Serve para manter práticas idênticas ao que se faria sem esses dispositivos digitais (usar as TIC para fazer o mesmo de sempre é um erro);
  • Está excessivamente condicionado pela infraestrutura técnica da escola;
  • Supõe uma perda de tempo relativamente ao uso de outras alternativas viáveis.

Jordi Martí deixa claro que os professores não devem usar as TIC apenas porque outros o fazem. Nenhum professor deve ser obrigado a usar as tecnologias se não se sente suficientemente preparado para elas, se sente que o está a fazer por obrigação ou se não tem bem claro, para si próprio, qual o objectivo real do seu uso.

Só tenho de concordar.

Anúncios

2 thoughts on “Os computadores “prejudicam a aprendizagem”

  1. Concordo inteiramente!
    Mais…, se seriedade e vontade houvesse bastaria verificar o que tem acontecido às competências mais básicas da matemática, desde as operações elementares/ tabuada e cálculo mental,…, com a introdução da calculadora nas salas de aula do ensino básico… dirão uns que não é importante… claro que não… qualquer dia com um “chipezinho” instalado na cabeça obtêm-se excelentes “robozinhos”, obedientes, servis, acéfalos que quando se avariarem se substituem! E, já não falo da língua, do pensamento e da argumentação… como diria alguém: é a modernidade, pá; é a globalização, pá!

    Gostar

  2. O uso de computadores (e outra tecnologia) nas aprendizagens é uma ferramenta muito útil mas não pode nem deve ser o objectivo das aprendizagens.
    Guarde-se essa faceta para as aulas de TIC.

    Mas que são poderosas ferramentas, se bem utilizadas, lá isso são. Os nossos alunos terão de saber usá-las e potenciá-las no seu futuro profissional (caso tenham essa sorte de ter 1 futuro profissional a seu gosto).

    Gostar

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s