O suicídio dos lemingues

A lenda de que os lemingues – não propriamente os lémures -, em certas ocasiões, se suicidam em massa, parece não passar disso mesmo: uma lenda, sem qualquer correspondência com a realidade.

Já a atracção pelo abismo que evidenciam tantos professores, que gastam o seu tempo e as suas energias em projectos que não trazem qualquer ganho aos seus alunos nem satisfação pessoal ou realização profissional aos próprios, essa continua a ser um mistério inexplicável.

Creio que terá sido idêntica perplexidade a inspirar Paulo Serra no cartoon que, com a devida vénia, aqui reproduzo.

E@D, do mito à realidade

Não tenhamos dúvidas: não há nada que chegue a ter o professor ali ao lado…

Daqui.

Caros professores…

  • Não estamos a dizer que a culpa é vossa. Mas é.
  • Gostaríamos que nos dessem sugestões, mas não as vamos ter em conta.
  • Se conseguem ter tempo para se queixar, é porque ainda aguentam com mais umas grelhas para preencher.

Inspiradíssima a Txitxa, a apanhar como ninguém o discurso insidioso das “lideranças” eduquesas que pululam pelas nossas escolas. Na verdade, o mal-estar docente nunca tomaria as actuais proporções se a paranóia com papeladas, grelhas e evidências fosse apenas uma construção de burocratas ministeriais e pedagogos de gabinete. A burocracia delirante que asfixia os professores continua a ter demasiados serventuários nas nossas escolas…

Ouvir os especialistas

Daqui.

Zoom matinal

Na saga do ensino à distância, mais um cartoon do nosso colega Paulo Serra.

Mais devagar, que temos pressa…

© Henricartoon

Anita pronta para o E@D

Estará mesmo?…

Daqui.

Os novos heróis portugueses

Inspiradíssimo cartoon de Vasco Gargalo.

Escola segura

Tão segura que poderia começar a receber também os pais, os avós, os irmãos mais velhos, pois ali, ao que parece, o vírus não entra…

Cartoon do nosso colega Paulo Serra.

Tudo menos as escolas

Daqui.