Música para os 50 anos do Festival de Woodstock

“Não confiem em ninguém com mais de 30 anos”

O DN publica uma excelente evocação daquele que terá sido o maior percursor dos grandes festivais de Verão. Muito marcado pela música rock, o movimento hippie, o consumo recreativo de drogas e o pacifismo – com os EUA envolvidos em pleno na Guerra do Vietname – Woodstock foi um ponto alto de afirmação da cultura juvenil dos anos 60 e do que podemos chamar uma contracultura contestatária que abalou, na altura, o conformismo e o consumismo das sociedades ocidentais. E que tinha tido um outro ponto alto, no ano anterior, nos confrontos do Maio de 68 francês…

Música para o 10 de Junho: Quinta do Bill – Os Filhos da Nação

Música para o Dia da Mãe: Queen – Bohemian Rhapsody

Música para o 1.º de Maio: Carlos Paredes e outros – Cantigas do Maio

Música para o 25 de Abril: Zeca Sempre – O que faz falta

Comemorar o Dia da Liberdade também é isto: dar lugar aos novos na recriação das canções que simbolizam a Revolução dos Cravos. 25 de Abril, sempre!

Ceia Pascal em 2019

Pascoa2019.jpg
Páscoa Feliz!

Música para o Dia da Mulher: Zeca Pagodinho e Martinho da Vila – Mulheres