Música para o Dia Internacional dos Direitos Humanos: Imagine

Anúncios

Músicas do Mundo: Hugh P. & Maria – I Hear The Bluebirds Sing

Música para o Dia do Professor: Juan Manuel Serrat – Canço Per a La Meva Mestra

Músicas do Mundo: Noitarega & Susana Seivane – Andoriña Mariñeira

Copy Carreira

carreira.jpgO Ministério Público (MP) acusou o cantor Tony Carreira de plagiar 11 músicas de autores estrangeiros, com a colaboração do compositor Ricardo Landum, também arguido, considerando que se “arrogaram autores de obras alheias” após modificarem os temas originais.

As músicas “Depois de ti mais nada”, “Sonhos de menino”, “Se acordo e tu não estás eu morro”, “Adeus até um dia”, “Esta falta de ti”, “Já que te vais”, “Leva-me ao céu”, “Nas horas da dor”, “O anjo que era eu”, “Por ti” e “Porque é que vens” são as 11 canções alegadamente plagiadas, segundo o despacho de acusação do MP, proferida este mês e a que a agência Lusa teve hoje acesso.

“Os arguidos aproveitam a matriz de obras alheias, utilizando a mesma estrutura, melodia, harmonia, ritmo e orquestração e, por vezes, a própria letra de obras estrangeiras que traduzem, obtendo um trabalho que não é mais do que uma reprodução parcial do original, não obstante a introdução de modificações”, explica a acusação.

Tony Carreira está acusado de 11 crimes de usurpação e de outros tantos de contrafação, enquanto Ricardo Landum, autor de alguns dos maiores êxitos da música ligeira portuguesa, responde por nove crimes de usurpação e por nove crimes de contrafação.

Embora o cantor português negue as acusações, e possa provavelmente mobilizar um batalhão de advogados para tentar provar que as “canções da sua vida”, que têm seduzido multidões de fãs, não são plágios descarados de obras de outros artistas, parece-me difícil, contra factos, negar evidências.

Não sei o que é mais espantoso, se a desfaçatez do nosso ídolo de pés de barro a apropriar-se da propriedade intelectual de outros artistas, se os anos que foram precisos para o caso chegasse aos tribunais.  Numa rápida pesquisa no Youtube, encontrei vídeos que, desde 2008, põem a nu a semelhança entre as versões originais e as interpretações do Carreira, nunca assumidas como tal. E para quem ainda duvida, basta ouvir e comparar…

 

Músicas de Verão: Van Morrison – These Are The Days

Músicas de Verão: Miguel Araújo e Ana Moura – E Tu Gostavas de Mim