A máquina trituradora

É mesmo isto que querem para a Educação do século XXI?

É que se não é, disfarçam muito bem.

Bom feriado!

Cartoon do nosso colega Paulo Serra.

One thought on “A máquina trituradora

  1. Caricatura por caricatura prefiro esta:
    Substitua-se o destinatário para Ministro da Educação e seu governo;
    O queixosos seriam os professores que têm razões muito mais substantivas para a sua indignação do que o antigo Juiz Corregedor de Santarém.
    Haja frontalidade para colocar assim a questão.

    Exm.º Sr. Duque de Cadaval:

    Se meu nascimento, embora humilde, mas tão digno e honrado como o da mais alta nobreza, me coloca em circunstância de V. Ex.ª me tratar por TU, caguei para mim que nada valho.

    Se o alto cargo que exerço de Corregedor da Justiça do Reino em Santarém, permite a V. Ex.ª, Corregedor Mor da Justiça do Reino, tratar-me acintosamente por TU, caguei para o cargo.

    Mas, se nem uma nem outra coisa consentem semelhante linguagem, peço a V. Ex.ª que me informe com brevidade sobre estas particularidades pois quero saber ao certo se devo ou não cagar para V. Ex.ª.

    Santarém, 22 de Outubro de 1795

    Pina Manique
    Juiz Corregedor de Santarém

    (Cópia autêntica da carta existente na Biblioteca Nacional de Lisboa redigida por Pina Manique, então Juiz Corregedor em Santarém (e futuro Intendente de Polícia do Marquês de Pombal), ao Duque de Cadaval, D. Miguel Caetano Álvares Pereira de Melo, então Corregedor Mor da Justiça do Reino.)

    Gostar

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.