Maioria dos surtos de covid são nas escolas

Existiam, à data desta segunda-feira, 223 surtos de covid-19 activos em Portugal Continental, mais de metade destes em estabelecimento de ensino e de educação, segundo os dados fornecidos ao PÚBLICO pela Direcção-Geral da Saúde (DGS).

A autoridade da saúde refere que estes dados “contrastam drasticamente com o máximo de surtos activos registados em Fevereiro de 2021”, altura em que chegaram a existir 921 surtos activos da doença em território continental.

No dia 18 de Outubro, Portugal registava 115 surtos activos em estabelecimentos de educação e ensino dos sectores público e privado – escolas, ensino superior, creches e demais equipamentos sociais. À data do reporte, existiam 992 casos de covid-19 acumulados nesses surtos activos, que dizem respeito a alunos, profissionais e coabitantes dos mesmos, parte dos quais já estarão recuperados”, refere a DGS.

Controlada mas ainda não vencida, a pandemia continua a propagar-se no país. Embora os casos de doença grave sejam agora raros e geralmente associados a comorbilidades, a covid-19 continua em propagação activa pelo país, escolas incluídas. Os números agora divulgados parecem justificar as cautelas que ainda são impostas nos estabelecimentos de ensino, nomeadamente o uso obrigatório de máscaras nas salas de aula e outros espaços interiores. Mas demonstram também a inutilidade prática das testagens massivas com testes rápidos de antigénio, cujos resultados não são fiáveis no caso de infectados assintomáticos. E podem, esses sim, transmitir uma falsa sensação de segurança…

O processo de testagem à Covid-19 na comunidade escolar terminou, na passada sexta-feira, com a conclusão dos testes aos alunos do 3.º ciclo.

Num comunicado enviado ao Notícias ao Minuto, o Ministério da Educação revela que entre estes estudantes do ensino básico, os últimos a serem testados, a taxa de positividade à doença foi de 0,09%, ou seja, “significativamente baixa”.

Ao todo, foram realizados 215 mil testes.

2 thoughts on “Maioria dos surtos de covid são nas escolas

  1. E eu a pensar que muitos dos surtos ocorriam nos lares onde toda a gente já está vacinada. O que vale é que estamos sempre a aprender com a DGS, entidade para quem vale tudo menos tratar a doença com a medicação adequada. Prevenção para quê? Injecte-se o pessoal todo, crianças incluidas, e prontos! Tá o problema resolvido. Deve ser por isso que os países com mais alta taxa de vacinação são os que apresentam maior nº de casos e até de mortes pela vacina. Porque será??

    Liked by 1 person

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.