Mais disciplinas ou melhor organização do currículo?

Da entrevista ao pediatra Mário Cordeiro a propósito do seu novo livro, recolho esta pergunta/resposta:

Acha importante a disciplina de educação sexual nas escolas?

Não. Sou contra. Defendo fervorosamente as aulas de Cidadania, e acho que a sexualidade deve ser ensinada em todas as matérias, desde as Ciências à História da Geografia à Matemática, da Língua Portuguesa à Educação Física.

Subscrevo, e vou ainda mais longe: substitua-se educação sexual, que nunca existiu como disciplina autónoma, por cidadania. Há uma contradição insanável entre uma filosofia curricular que pretende promover transdisciplinaridades, trabalhos de projecto e abordagens holísticas e uma organização que retalha ainda mais o currículo, criando redundâncias disciplinares.

No ensino básico, a generalidade dos temas que integram a disciplina de Cidadania e Desenvolvimento sempre estiveram integrados nos programas das diversas disciplinas, principalmente, mas não em exclusivo, na História, nas Ciências Naturais ou na Geografia.

A sua separação artificial é prejudicial em termos pedagógicos e abre caminho a aproveitamentos políticos demagógicos, porque é fácil ver no programa de Cidadania e Desenvolvimento, construído como um catálogo de modas educativas avulsas, uma tentativa de moldar a Educação segundo princípios ideológicos, o que é terminantemente proibido pela Constituição.

Nota: Alterado o penúltimo parágrafo, de forma a clarificar que esta reflexão se foca no ensino básico, uma vez que no secundário a Cidadania não existe como disciplina autónoma.

5 thoughts on “Mais disciplinas ou melhor organização do currículo?

  1. António Duarte, esqueceu-se, de novo, de integrar Filosofia no rol de disciplinas em que se trabalham as questões relativas à “cidadania”… (Suponho que o colega lecciona sobretudo no 3.° ciclo, e que isso explicará esse esquecimento, que não releva, estou certo, de qualquer desprezo pela disciplina escolar e pelo saber e actividade que lhe serve — devia servir?… — de matriz, que é a filosofia).

    Gostar

    • Tem toda a razão, a Filosofia é fundamental para a Cidadania e daí integrar o tronco comum de disciplinas dos cursos científico-humanísticos.
      Não a referi por esquecimento ou desprimor, mas apenas porque no secundário não existe, como se sabe, a disciplina de Cidadania e Desenvolvimento e era sobre essa realidade que o post pretendia reflectir.
      No secundário continua a fazer-se a abordagem que considero mais correcta, que é a integração dos temas de cidadania nas matérias das várias disciplinas.

      Gostar

  2. Discordo. Nem Educação Sexual, nem Cidadania, nem Empreendedorismo, nem Educação Rodoviária, nem Educação Financeira, nem Educa Ambiental, nem…
    Perguntar-me-ão, então a escola não deve interceder nas aprendizagens nestes âmbitos?
    Resposta: Sim. Como? Tal como o que já acontece, através do contributo das disciplinas do currículo. Tantas são as matérias que se entrelaçam…

    Gostar

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.