Leituras para férias

A generalidade dos docentes não entrou ainda em férias, mas o ME, sempre a pensar em nós, já preparou um conjunto de leituras eduquesas para animar o Verão.

Leituras que pessoalmente não recomendo, desde logo pela consideração e estima que me merecem os leitores, mas ainda assim ficam os links que demonstram o particular talento da equipa dirigida pelo SE Costa em transformar qualquer ideia válida no domínio da Educação – neste caso, a recuperação de aprendizagens afectadas pela pandemia – num monte de burocracia estéril e de eduquês pedante, repetitivo e passado de validade. Para não lhe chamar coisa pior.

Ainda assim, a quem quiser ter uma amostra da fraca qualidade e da irrelevância destes roteiros – o que não impede que não nos venham massacrar com eles lá para Setembro – recomendo em alternativa dois inspirados e bem humorados posts do Paulo Guinote, aqui e aqui.

ROTEIRO – SEMESTRALIZAÇÃO DO CALENDÁRIO ESCOLAR

Calendário escolar (Eixo: Ensinar e Aprender / Domínio: 1.2. + Autonomia Curricular)

ROTEIRO – PROMOÇÃO DE ABORDAGENS CURRICULARES INTERDISCIPLINARES

Aprender Integrando (Eixo: Ensinar e Aprender / Domínio: 1.2. + Autonomia Curricular)

ROTEIRO – AVANÇAR RECUPERANDO

Avançar recuperando (Eixo: Ensinar e Aprender / Domínio: 1.2. + Autonomia Curricular)

ROTEIROS DE ORGANIZAÇÃO DE EQUIPAS EDUCATIVAS

Constituição de equipas educativas (Eixo: Ensinar e Aprender / Domínio: 1.2. + Autonomia Curricular)

ROTEIROS DE ORGANIZAÇÃO DE TURMAS DINÂMICAS

Turmas dinâmicas (Eixo: Ensinar e Aprender / Domínio: 1.2. + Autonomia Curricular)

ROTEIRO – COMEÇAR UM CICLO

Começar um ciclo (Eixo: Ensinar e Aprender / Domínio: 1.2. + Autonomia Curricular)

One thought on “Leituras para férias

  1. Sugestão aceite.
    Eu já li uns quanto e diverti-me bastante. Vou deixar alguns para me animar se me sentir deprimido.
    São completamente pedantes. Tratam os docentes que somos como se fôssemos uns pategos que nunca ouviram falar de uma transição de ciclo, ou que não sabem como é importante promover a leitura e a escrita no início da escolaridade.

    Imaginem o Ministério da Saúde a enviar um roteiro aos médicos sobre como tratar a diabetes, ou aos enfermeiros sobre como administrar vacinas.

    Gostar

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.