Ministro em viagem, perigo na estrada

Carro em que seguia ministro Cabrita envolvido em atropelamento que fez uma vítima mortal

Acidente aconteceu na autoestrada A6 e será investigado pela GNR. Vítima mortal era um trabalhador que fazia manutenção da via e tinha 43 anos.

Acidentes trágicos acontecem, infelizmente, e fazer trabalhos de manutenção numa auto-estrada com os carros a passar ao lado a altas velocidades será sempre uma actividade de risco. Mas este pode ser minimizado e controlado se as regras forem cumpridas, tanto da parte dos trabalhadores como dos condutores. O que neste caso, infelizmente, não aconteceu.

Dizem que vão investigar as causas do atropelamento mortal. Conviria que soubéssemos a que velocidade seguia o carro que transportava o ministro, nomeadamente se cumpria o limite de velocidade imposto pelo código da estrada. E isto não é embirração contra o ministro mais impopular deste governo nem um exercício de demagogia: acho que está na altura de uma discussão séria sobre uma realidade que já quase todos os cidadãos, uma vez ou outra, constataram: a velocidade excessiva, a condução perigosa e as infracções sistemáticas ao código da estrada com que os governantes se fazem conduzir nas viaturas oficiais. O que é inteiramente ilegítimo: não só pelos riscos em que fazem incorrer os outros utentes da via pública como pela colocarem acima da lei que deveriam ser os primeiros a respeitar. Com a agravante de, muitas vezes, não irem sozinhos, mas fazerem questão de levar “comitiva”, ou seja, uma série de carros velozes a assapar

As regras e sinais de trânsito, os limites de velocidade, o dever de praticar uma condução prudente e segura são obrigações de todos os utentes das estradas. Por muito importante que seja uma deslocação ministerial, a verdade é que o ministro não vai apagar nenhum fogo nem socorrer um doente em perigo de vida. Para aquilo que fazem nas suas surtidas ao país real, não se justificam de forma alguma estas marchas de urgência.

Se não querem chegar atrasados, façam-se ao caminho mais cedo.

One thought on “Ministro em viagem, perigo na estrada

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.