A melhor lição de Cidadania

Não foi preciso sala de aula, nem matriz curricular, nem planificação para que um grupo de estudantes da Escola Secundária Eça de Queirós, em Lisboa, mostrasse ao país inteiro que resposta deve ser dada ao discurso nojento do ódio, do racismo e da intolerância: depois de debaterem o assunto com um professor, de falarem com a direcção e com a orientação de um funcionário, agarraram nos baldes de tinta, rolos e trinchas e rapidamente apagaram as mensagens racistas que conspurcavam os muros exteriores da escola.

“Sem apagar isto, eu recusava-me a entrar na escola”, disse um dos alunos, exprimindo bem o sentimento colectivo. O que nos deixa, além da lição de cidadania activa, uma certeza: enquanto formos capazes de reagir desta forma em defesa dos direitos humanos, da democracia e de uma sociedade inclusiva, os fascistas não passarão.

Para ilustrar este breve apontamento escolhi uma das fotos publicadas no Facebook da escola, a que nos mostra a mentira da mensagem supremacista e a profunda estupidez que é catalogar as pessoas pela cor da sua pele. Não existem pessoas brancas. A pele humana só fica branca se a pintarmos dessa cor…

One thought on “A melhor lição de Cidadania

  1. Ninguém entrava numa escola com estas “mensagens”

    Parabéns aos nossos alunos.
    Não é impunemente que vamos trabalhando com eles todos os dias. E não é impunemente que a enorme e esmagadora maioria destes jovens sabem …..

    Gostar

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.