(Des)Graça Fonseca

graca-antonieta.jpg
“Só falo de arte contemporânea. Portanto… muito obrigada e vamos beber o drink de fim de tarde.” Foi desta forma que Graça Fonseca, ministra da Cultura, decidiu responder aos jornalistas quando desafiada a fazer um comentário sobre a iniciativa do grupo informal União Audiovisual, que está a apoiar com bens alimentares entre 150 e 160 trabalhadores do sector por semana.

Há artistas e outros profissionais do sector cultural que estão privados, desde o início da confinamento, de qualquer fonte de rendimento. Nalguns casos a passar fome, o que levou à formação de um grupo de apoio que fornece aos mais necessitados ajuda alimentar.

Nada mais natural que a imprensa questionasse a ministra que tutela o sector se está ciente do problema e o que tenciona fazer a este respeito. Com um governo que arranja dinheiro para pagar falcatruas de milhões em negócios falidos na aviação e na banca, alguma coisa se deveria arranjar para ajudar, até que melhores dias venham, quem comprovadamente precisa.

 Mas a insensível ministra, com aquele ar sobranceiro que tão mal lhe fica – ou que tão bem a define – não disfarçou o incómodo perante a pergunta inoportuna. Então vai uma senhora a uma vernissage de arte contemporânea, e vêm aborrecê-la com conversa de pobres?

Houvesse outra decência na política à portuguesa, e este teria sido o último drink em funções governativas…

Imagem daqui.

4 thoughts on “(Des)Graça Fonseca

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.