Troca de favores

O esquema é antigo, e deveria envergonhar algum jornalismo que se considera de referência.

O Governo fornece informação privilegiada a um órgão de comunicação, permitindo-lhe elaborar uma notícia “exclusiva”. Em contrapartida, este produz uma manchete simpática para as intenções mistificadoras do Governo.

publico-escaloes.PNG

Neste caso, interessava escamotear a realidade de que, de ano para ano, cada vez mais docentes ficam barrados na progressão ao 5º e 7º escalões. E assinala-se a progressão de 6 mil professores quando na verdade cerca de 4 mil progrediriam de qualquer forma, pois o resultado da avaliação de desempenho dispensa-os da necessidade de vaga.

Quanto ao ME, as menos de 2 mil vagas que irá abrir não permitirão a progressão da grande maioria dos docentes que tiveram Bom na última avaliação. Tendo em conta que nas listas do ano passado ficaram mais de 2 mil por colocar, e que de ano para ano vai aumentando o número de docentes que engrossam a lista dos afunilados, só resta concluir que, caso nada mude nesta matéria, o número de professores impedidos administrativamente de progredir na carreira continuará a aumentar.

Segundo dados do Ministério da Educação, citados pelo Público, mais de 6.000 docentes vão progredir para o 5.º e 7.º escalões (4.000 e 2.000, respetivamente). Trata-se de um aumento de 43% face ao mesmo período de 2019. Quando entram no 5.º escalão, os docentes têm um aumento salarial de cerca de 80 euros mensais — ficam a ganhar um salário médio líquidos de 1.415 euros. No caso do 7.º escalão, a subida remuneratória é de 180 euros mensais, para 1.575 euros.

O acesso aos 5.º e 7.º escalões depende, porém, do número de vagas que sejam abertas pelo Governo, só que, no caso dos docentes que na avaliação de desempenho tenham Muito Bom ou Excelente a progressão é automática. Segundo o Público, a maioria dos professores que progride (cerca de 4.000) para estes escalões, este ano, obteve as notas duas notas máximas na avaliação.

Serão, ainda, abertas 1.852 vagas (852 para o 5.º escalão e 1.043 para o 7.º). É o maior número de vagas desde o descongelamento das carreiras, em 2018.

3 thoughts on “Troca de favores

  1. Muito Bom e Excelente / Muito Mau e Péssimo

    Se um habilidoso ornar com estrelinhas natalícias o átrio da escola ; der à estampa umas formidáveis mascarilhas de Carnaval ; pintar – com cores garridas, de preferência – uns ovos da Páscoa e, inevitavelmente , inundar as pautas com vistosas classificações, arrisca-se a levar com um Muito Bom , ou até, talvez, um Xalente.
    Já o professor de Matemática, Física ou Filosofia, circunscrito à `invisibilidade” da sala e, com grande probabilidade, ter de pintalgar a mesma pauta com meia- dose de negativas ou reprovações , contentar-se-á com um Bom. Ora toma!
    Eis mais uma pérola da “carreira única”. É tudo igual!! M…a para isto!

    Gostar

  2. A título de exemplo, escolhi as manualidades. Como poderia citar outras vistosas “especialidades”, igualmente muito bem posicionadas : a da canção do ga- to- to; a do futebol de 5; a dos retiros espirituais; a da educação especialíssima .

    Tantos e tantos professores que investiram fortemente na sua formação académica , são agora ultrapassados pelos antípodas, Que mal fizeram? Ora, ora! Tiveram o “azar” de nascer uns anitos mais tarde ou tiveram a “infeliz” ideia de estudar “no duro”. Ou as duas coisas juntas. Revoltante.

    Gostar

  3. Julgo que este problema dos numerus clausus nas progressões é transversal aos diversos grupos de docência. Ao ME interessa-lhe pouco saber se o professor que é barrado na progressão é de Física ou de Educação Física: o que eles pretendem é que, todos os anos, um número significativo dos que deveriam mudar de escalão fiquem impedidos de o fazer.

    Também é um facto que um certo folclore educativo com pouco ou nenhum impacto na melhoria das aprendizagens dos alunos tende a ser sobrevalorizado na ADD de muitas escolas e agrupamentos.

    Mas desagrada-me contribuir para que este modelo de ADD injusto e punitivo sirva de pretexto para a rivalidade e desunião entre professores. Parece-me que isso é fazer o jogo pretendido pelo governo…

    Gostar

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.