O regresso dos filhos pródigos

“Como social-democrata com fortes ligações à história do PSD, o resultado obtido pelo partido não pode deixar de me entristecer”, afirmou Aníbal Cavaco Silva, numa declaração escrita, após questionado pela Lusa sobre os resultados das legislativas de domingo.

Para o ex-chefe de Estado, “a tarefa mais importante e urgente que o PSD tem agora à sua frente é a de reconstruir a unidade do partido e de mobilizar os seus militantes” e trazer “ao debate das ideias e ao esclarecimento e combate político os militantes que, por razões que agora não interessa discutir, se afastaram ou foram afastados”.

Já tardava a costumeira prova de vida que Cavaco Silva insiste em fazer regularmente. O relativo desaire eleitoral do PSD foi apenas o pretexto. O ex-presidente quer que voltem ao partido figuras que entretanto se retiraram, ou porque foram tratar da vidinha ou porque a sua presença se tornou embaraçosa.

Dando o meu contributo para este regresso ao passado que Cavaco quer que seja o futuro do PSD, relembro algumas velhas glórias do cavaquismo, talvez ainda a tempo de serem repescadas…

Este slideshow necessita de JavaScript.

2 thoughts on “O regresso dos filhos pródigos

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.