Exames mais fáceis?

Já se sabia que este ano os exames do secundário terão menos matéria para estudar. A decisão, que parece sensata tendo em conta que a flexibilidade curricular veio reduzir a extensão dos programas, acaba no entanto a dar razão a quem acusa a actual política educativa de promover o facilitismo. Se com a flexibilidade os alunos “aprendem mais”, como garante o SE João Costa, como é que se justifica que os exames tenham de ser mais curtos em termos de conteúdos avaliados?…

Entretanto, com a Filosofia a inaugurar, esta manhã, a época de exames 2019, as primeiras impressões parecem apontar também, para uma prova ligeiramente mais fácil do que a do ano anterior. A confirmar-se, pode tratar-se também de dar seguimento a uma velha tentação em anos eleitorais: nada como uma oportuna subida dos resultados para deixar satisfeitos os alunos e as suas famílias ao mesmo tempo que se demonstra o acerto das políticas educativas.

iave-fil.JPG

Veremos se a prova de Português, amanhã, e os exames dos próximos dias confirmam ou não uma tendência a que é difícil resistir…

2 thoughts on “Exames mais fáceis?

  1. “Se com a flexibilidade os alunos “aprendem mais”, como garante o SE João Costa, como é que se justifica que os exames tenham de ser mais curtos em termos de conteúdos avaliados?…” – Um pouco falacioso. Mais conteúdo a ser avaliado nos exames não equivale a mais aprendizagem. Se o exame tiver o dobro do conteúdo, mas os alunos não compreenderem metade, de que servirá avaliar tanta matéria?

    Gostar

  2. Caro Guilherme, é verdade que a quantidade de matéria a ser avaliada é um indicador que, por si só, não nos diz muito. Mas a verdade é que fica difícil levar a sério um governante que nos diz que os alunos vão aprender mais e a seguir reduz as matérias avaliadas no exame.

    Claro que a prova decisiva será dada pelo teor dos exames e, mais do que pelas matérias escolhidas, pela relevância e grau de dificuldade das mesmas.

    A verdade é que, não sendo fácil avaliar, todos os professores experientes conhecem bem os truques para fazer subir ou descer resultados. Andamos há demasiados anos a ser pressionados a trabalhar para as estatísticas do sucesso e percebemos bem quando quem nos (des)governa tenta fazer o mesmo…

    Gostar

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.