Excelentes professores

Na última vez em que foram avaliados, mais de metade (53,8%) dos professores do ensino superior tiveram uma classificação de “excelente”, a mais elevada possível. Em sentido contrário, menos de 5% tiveram um resultado negativo, revela um inquérito feito pelo PÚBLICO às instituições públicas. O sistema de apreciação de desempenho dos docentes do sector parece não agradar a ninguém e tanto o sindicato do sector como representantes das universidades e politécnicos defendem mexidas.

É certo que a carreira docente no ensino superior se desenvolve de forma diferente da dos professores do básico e secundário. Há também um elevado grau de autonomia das instituições na definição das regras da avaliação, o qual explica até certo ponto a enorme variação registada no gráfico reproduzido abaixo e que acompanha a notícia do Público.

Ainda assim, não deixa de ser surpreendente e revelador que seja justamente o ISCTE, actualmente dirigido pela reitora Maria de Lurdes Rodrigues, o campeão dos excelentes professores. Recorde-se que foi esta ex-ministra quem impôs quotas de 5% para atribuição de Excelentes na avaliação do desempenho dos professores inferiores. Mas, aparentemente, convive bem com o facto de 80% dos seus colegas no ISCTE terem sido considerados excelentes na última avaliação…

aval-sup.jpg

4 thoughts on “Excelentes professores

    • António, é a sina de todos os moralistas…

      Infelizmente, não é só na questão da avaliação do desempenho que vemos universitários a defenderem para o ensino “inferior” coisas diametralmente opostas ao que defendem e praticam nas suas coutadas.

      Gostar

  1. Independentemente do juízo que possamos fazer acerca das regras de avaliação, da percentagem de “excelentes” e por aí fora, o ranking aqui apresentado mostra (infelizmente) uma “mania” bem portuguesa : nivelar tudo por baixo.

    Assim, neste exercício , e sob a designação de ensino superior, “mistura-se” a velha Universidade com o profissionalizante politécnico!

    Repare-se que têm estatutos diferentes : seja as instituições , seja a carreira dos respectivos professores.

    Que importa isso para o caso ? Na cabecinha do mentor deste quadro … é tudo “a mesma coisa”.

    Gostar

  2. Estabeleçam-se diferenças, que são reais!

    Ou então, toca a reunir na mesma “tabela” a imensa e heterogénea legião : desde o pré-escolar à Universidade .

    Gostar

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.