Uma greve em crescendo

dias-da-silva.jpg“Começamos com uma greve, no primeiro dia, que atingiu os 75%, subiu ligeiramente no dia a seguir na zona Sul, e ontem [quarta-feira], no Centro, a greve já ultrapassou 80%. Hoje, os sinais que nos chegam em comparação com os dias anteriores são de uma adesão ainda mais forte”, disse o dirigente da FNE.

João Dias da Silva, que falava aos jornalistas, na Praça dos Leões, no Porto, no decorrer de uma ação de divulgação das razões do protesto dos professores, disse existirem vários agrupamentos de escolas encerrados por toda a região, apontando como exemplo o caso de Alfena, onde “todas as escolas encerraram”.

Agora que a greve chegou ao fim talvez já se possa dizer, sem escandalizar ninguém, nem fazer o jogo de quem aposta na desmobilização dos professores, que os números da adesão têm sido claramente inflacionados.

Truques como o de apresentar dados sobretudo de pequenas escolas do 1º ciclo, onde é mais fácil conseguir adesões de 100% e escolas encerradas são, até certo ponto, compreensíveis perante a necessidade de dar mediatismo a uma luta para na qual muitos professores, diga-se em abono da verdade, já não acreditam.

Amanhã é o dia da grande manifestação nacional, e aí será mais difícil disfarçar as ausências.

Espera-se por isso que muitos marquem presença.

5 thoughts on “Uma greve em crescendo

  1. É evidente que escolas mais pequenas, com menos professores e mais possibilidades de comunicação seja mais fácil o encerramento de escolas e greve a 100%.

    Nos mega-agrupamentos, com centenas de professores mais isolados, o resultado da greve chegar aos, digamos 60%-70%, não é de todo mau atendendo às pressões e às divergências muito pessoais.

    O que vamos ouvindo é “Não conseguimos nada com greves”. Uma atitude que entendo mas que é derrotista demais. Explicar a coisa de um modo mais “simpático” tornou-se muito difícil de fazer.

    Gostar

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.