Homofobia na Secundária de Vagos

vagos-sec.jpgOs alunos da Escola Secundária de Vagos, no distrito de Aveiro, organizaram um protesto contra o que consideram homofobia e preconceito. Segunda-feira, depois de duas alunas se terem beijado foram chamadas à direção da escola, que as terá informado que não podiam beijar-se em público. O protesto foi gravado e partilhado nas redes sociais. Em declarações à SIC Notícias, um dos alunos disse que todos os envolvidos no protesto vão ser alvos de um processo disciplinar. O Bloco de Esquerda já pediu esclarecimentos ao Ministério da Educação.

Todos sabemos que nas escolas frequentadas por adolescentes se vão formando e desfazendo, inevitavelmente, casais de namorados. A maior ou menor tolerância às manifestações públicas de afecto, através de beijos, abraços e carícias depende em parte das regras definidas pela comunidade educativa. De uma forma geral, pode dizer-se que já não estamos em tempo de uma educação repressiva e castradora dos afectos, mas isso também não significa que a demonstração pública dos mesmos se torne indecorosa, incomodando os outros elementos da comunidade educativa.

Contudo, não foi isto que esteve em causa na escola de Vagos. As duas alunas foram chamadas à direcção não por causa dos beijos, mas por estarem a beijar uma pessoa do mesmo sexo, residindo aí o alegado incómodo que motivou as queixas e a subsequente repreensão. Ora isto é discriminação em função da orientação sexual, um crime público segundo a lei portuguesa.

E se a direcção da escola demorou a entender o que estava em causa, tentando abafar o assunto com ameaças de processos disciplinares, foi pior a emenda do que o soneto, com o caso a ser amplamente divulgado pelos estudantes nas redes sociais, de onde não demorou a passar para os media nacionais.

Anúncios

2 thoughts on “Homofobia na Secundária de Vagos

  1. Seja lá qual for a variante: inter-género; intra-género; trans e multi-género (que a coisa do sexo está démodé) e seja lá qual for a forma: em articulação horizontal/ vertical/ oblíqua/transversal considero que há regras/ comportamentos e posturas adequados e/ou inadequados em função das circunstâncias/ locais/ acontecimentos… os comportamentos numa igreja ou no cinema, num casamento ou num funeral, na praia ou no local de trabalho, na rua ou na intimidade…
    Ora a escola não me parece ser o local adequado para a “beijoquice” e de uma repreensão por um eventual comportamento menos apropriado a uma agitação propagada de uma eventual violação dos direitos de afirmação, é um saltinho fácil, muito fácil… tão mais fácil quanta a fácil exposição e manipulação através dos telemóveis e das redes sociais…
    Faz-me lembrar situações de há uns bons anos atrás, com as devidas adaptações, de acusações fáceis de racismo quando se admoestava um aluno/a negro…

    Gostar

    • O importante é, parece-me, haver regras claras acerca do que é permitido fazer na escola em matéria de demonstração de afectos. Igual para todos, independentemente do género.

      Claro que o ideal seria sempre remeter estas coisas para o bom senso. Mas numa escola isso seria presumir que as pessoas já nascem educadas, o que não é bem assim. Ao mesmo tempo que os adolescentes vão descobrindo o mundo da sexualidade, das paixões e dos afectos, a escola, e a família, têm de lhes dar referências acerca dos limites da exposição pública da sua vida íntima.

      Por outro lado, a espontaneidade e dimensão do protesto sugere-me que estes alunos terão mais razões de queixa da escola e da direcção do agrupamento, e que este incidente pode ter funcionado como a gota de água que fez transbordar o copo…

      Gostar

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s