Valente moca!

moca.gifO Ministério da Educação o que quer é operar uma viragem de 180 graus no ensino e prática da expressão físico-motora (cinesiologia) e na preparação e aproveitamento dos licenciados em Motricidade Humana (por agora), já que o nome de educação física está ultrapassado, e à luz do gestaltismo é, de facto, uma estupidez, com a ajuda decisiva do Instituto de Avaliação Educativa, tendo ainda em vista ajudar o Ministério da Saúde, com menos baixas médicas no futuro, mais camas disponíveis com os mesmos hospitais, menos mortes por acidentes vasculares cerebrais, menos gastos em remédios, e também poder ajudar o Ministério da Defesa, com jovens mais aptos para o serviço militar, e ainda a Segurança Social, com uma longevidade maior da população portuguesa.

Li e reli, não fosse o texto esconder alguma refinada ironia que não consegui descortinar.

Percebe-se que o autor defende o reforço curricular da expressão físico-motora no 1º ciclo e a importância das provas de aferição na valorização desta componente do currículo.

Mas a extensa prosa que escreveu não tem pés nem cabeça nem ponta por onde se lhe pegue, a começar na pseudo-erudição despropositada e a acabar na evidente confusão mental. O parágrafo que transcrevo é talvez o mais inteligível de todo o texto, e por aqui dá para ter uma ideia do resto que, aviso já, é bem pior.

Não sei o que dão a provar aos avençados do jornal i para escreverem assim, mas estava capaz de experimentar…

Anúncios

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s