Reprovações em Medicina

mastoideu.JPGAlarme na Faculdade de Medicina de Lisboa. Formados por excelentes alunos do Secundário, os únicos que conseguem superar as elevadas médias de entrada, os cursos de Medicina têm, habitualmente, taxas de insucesso residuais, mesmo nas cadeiras consideradas mais difíceis. Mas recentemente o improvável aconteceu: mais de 50% dos 357 alunos inscritos no exame de Anatomia Clínica reprovaram.

“Nunca tinha acontecido, pelo que foi objeto de reflexão”, afirma Ivo Furtado, regente da disciplina de anatomia clínica, que correlaciona o conhecimento do corpo humano com a prática médica. O caso foi de tal forma polémico, “por ser tão anómalo, que foi constituída uma comissão de análise, dirigida pelo presidente do Conselho Pedagógico da FML”, explica António Gonçalves Ferreira.

Como é que alunos brilhantes que querem ser médicos não conseguem correlacionar o corpo humano com a doença, precisamente o que vão ter que fazer para tratar doentes? A resposta demorou algumas semanas até ser encontrada, já este mês. Resumidamente: prova difícil e menos estudo. “A matéria foi dada com pormenor talvez excessivo, os alunos não acompanharam a disciplina nas aulas teóricas, a dificuldade das perguntas foi definida para cima, muitas perguntas e questões complexas para responder em quatro a cinco minutos na avaliação prática e imagens de imagiologia dadas com pormenor apenas nas aulas teóricas”, elenca António Gonçalves Ferreira.

A notícia do Expresso não entra em grandes detalhes, mas percebe-se que o problema se resolveu a contento de todos: uma correcção aos desvios estatísticos dos resultados permitiu situar o insucesso ao nível aceitável de 4,4%. E nem os alunos, que concordaram com a solução encontrada pelos professores, querem agora falar mais do assunto.

Claro que destes entendimentos entre universitários é normal sobrarem culpas para terceiros. Neste caso, para o Secundário, que não anda a preparar bem os alunos, pondo em causa a “grande capacidade” com que os estudantes que entram em Medicina são imediatamente rotulados:

O médico explica que “no secundário está tudo dividido por disciplinas e aqui é preciso manejar a matéria de maneira diferente: é preciso integrar conhecimentos e uma ginástica mental que nem todos têm”.

Anúncios

One thought on “Reprovações em Medicina

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s