A Greve Geral Educativa em Espanha

Uma Maré Verde de manifestações estudantis em 50 cidades espanholas em defesa da Escola Pública e contra os cortes na Educação, à qual se juntaram pais, mães e professores.

85% dos alunos e 65% dos professores aderiram à greve, segundo os organizadores, com numerosas escolas básicas e secundárias e até universidades encerradas.

Para o governo a adesão foi “mínima”. Uma afirmação que perde credibilidade quando vemos as imagens da manifestação de Madrid, onde terão estado pelo menos 10 mil pessoas que o governo assegura não terem passado de mil.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Por cá, no pasa nada.

 

Anúncios

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s