Os currículos mudam, os manuais mantêm-se

livros2Como já por aqui se tinha aventado, a anunciada flexibilização dos currículos não é uma reforma curricular, “emagrecer” os programas não implica refazê-los e fazer ajustes nos currículos não tira nem põe nenhuma disciplina. Logo, não serão necessários novos manuais escolares.

A associação dos editores de manuais anunciou-o…

“Para evitar, desde já, especulações e desinformações como aconteceu no passado recente, a APEL informa que não foram introduzidas quaisquer alterações nos manuais escolares em vigor no próximo ano lectivo que reflictam as mudanças anunciadas pelo Ministério da Educação.”

E o ME confirmou:

Contactado pelo PÚBLICO, o Ministério da Educação faz saber apenas que “está a preparar instrumentos de flexibilização curricular e não uma reforma curricular, pelo que não há qualquer motivo para se proceder à alteração de manuais escolares”.

Da parte de professores, fartos de constantes mudanças, e dos pais, nada interessados em reformas que obriguem a abrir os cordões à bolsa, também não haverá, decerto, objecções.

Anúncios

One thought on “Os currículos mudam, os manuais mantêm-se

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s