Uma “saída limpa”

offshores.JPGFisco deixou sair 10.000 milhões para offshores sem vigiar transferências

Conjunto de transferências realizadas entre 2011 e 2014 comunicadas pelos bancos não foram alvo de controlo pelo fisco e estavam omissas das estatísticas. Inspecção de Finanças averigua o caso.

O Público deu a notícia em primeira mão, mas retorceu-se todo para não deixar clara, logo de início, a responsabilidade política do anterior governo PSD/CDS, nomeadamente do secretário de Estado Paulo Núncio e da então ministra das Finanças Maria Luís Albuquerque, que nem sequer é mencionada na notícia.

Mas, caramba, são 10 mil milhões de euros de potencial fuga ao fisco que não foram investigados. Não será isto merecedor de uma Comissão Parlamentar de Inquérito?

Talvez não. O país tem mais com que se preocupar. Ainda se fossem 10 mil milhões de SMS…

Anúncios

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s