O Natal dos patrões

tio-patinhas.pngRaquel Varela está cheia de razão quando denuncia o truque de compensar os patrões, que irão ter de aumentar o salário mínimo, com uma descida correspondente na TSU: o que eles deixam de pagar para a segurança social dos seus trabalhadores, pagamos nós!

O Governo decidiu usar o dinheiro dos meus impostos para aumentar o salário mínimo, com o truque da TSU. Quero deixar claro que não se trata de solidariedade com os trabalhadores mas de solidariedade dos trabalhadores – como eu – com os patrões. Vamos ter os enfermeiros a pagar à Galp para aumentar o salário mínimo dos trabalhadores da Galp para a remuneração dos dividendos de Amorim não cair; ou os professores a pagar à família Sonae o valor precioso do índice de remuneração de activos no PSI 20. Este ano o Ferreirinha especial na mesa de Belmiro pago eu. Feliz Natal!

A consequência, além de beberem um bom vinho na ceia de Natal à minha conta, é que há cada vez menos dinheiro no Estado social e despedem-se professores e enfermeiros. Não é solidariedade, é mais um episódio de saque fiscal sobre quem vive do salário em solidariedade com quem vive de rendas, lucro e juros.

O resto pode ler-se no blogue da autora.

Anúncios

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s