Quem se esconde atrás de Maria Barros?

truques.jpgEscrevi ontem sobre a história comovedora de Maria Barros, a jovem portuguesa que alimentava, desde menina, o sonho de estudar Medicina. Como não conseguiu entrar na universidade e escreveu uma carta aberta ao Presidente a exigir mais vagas e a criticar o sistema de acesso que não lhe permitiu concretizar o sonho da sua vida.

Ora bem, parece que a história desta menina é falsa. Já ontem me soava a estranho que perante uma vocação tão precoce e avassaladora a jovem não tivesse concorrido para todas as universidades que ministram o curso: pelo menos na UBI da Covilhã teria média para entrar em Medicina. Mas o pessoal dos Truques da Imprensa Portuguesa fez mais: arregaçou as mangas, agarrou nas listas oficiais dos candidatos e das colocações no ensino superior e foi à procura da Maria Barros. E a verdade é esta: ou mentiu nos factos que alega na carta que dirige ao Presidente ou então a rapariga nem sequer existe, pois não há ninguém nas listas com aquele nome e uma situação académica condizente com os factos descritos.

Nas listas públicas, fornecidas pela Direção Geral do Ensino Superior, dos candidatos a Medicina em 2016 (1ª e 2ª fases) há 4 “Marias Barros” diferentes, com notas parecidas com as indicadas na carta da Maria:

1. Maria I. C. Barros. F.: média de secundário de 18,2; média de candidatura de 17,52. Para além disto, esta Maria Barros só se candidatou a 4 Universidades de Medicina, colocando como hipóteses o curso de Medicina Veterinária e de Medicina Dentária, onde efectivamente entrou. Não pode ser esta a “nossa” Maria, que só admitia Medicina.

2. Maria L. M. Barros: média de secundário de 18.5, nota de candidatura de 17,72. Para além disso, esta Maria só se candidatou a cursos no Porto, dois dos quais de Medicina, os restantes noutras áreas (incluindo Línguas, na Faculdade de Letras). Outras informações públicas indicam que é natural de Vila do Conde. Definitivamente, não é esta.

3. Maria. F. S. Barros: média de secundário de 18.5, nota de candidatura de 17,4 em Medicina que foi… a sua terceira opção. Não. Não é esta.

4. Maria J.G.M.C. Barros: média de secundário 17.6 (1.ª fase) e 18.0 (2.ª fase); média de candidatura em 1.ª fase 17.3, em 2.ª fase 17.7; Se os números, bem martelados, poderiam ser confundidos com os que a Maria invoca, já o facto de não ter esgotado, em nenhuma das fases, as suas opções de candidatura em Faculdades de Medicina (colocou entre as opções os cursos de Engenharia Biológica, Medicina Dentária e Engenharia Biomédica) leva-nos a crer que não será também esta a Maria que tão desesperadamente quer entrar em Medicina.

Extinguindo todas as hipóteses, fica no ar uma inconsistência tremenda da história que a Visão apresenta hoje. Quem é Maria Barros? Existe mesmo?

Certo é que, caso exista, a Maria mentiu.

Em todo o caso, fica um exemplo paradigmático do que é hoje, no tempo da imprensa online e das redes sociais, a criação de factos políticos e mediáticos. Uma estória aparentemente credível, um discurso emotivo e na primeira pessoa, um tema polémico quanto baste, e rapidamente tudo se torna viral, partilhado e comentado à exaustão. O reverso da medalha é que, cada vez mais, também estão online, não apenas as notícias ou os depoimentos, mas igualmente as fontes que permitem verificar a veracidade dos factos invocados.

No ar fica então a questão de saber a quem interessou a divulgação destacada desta estória, ao que tudo indica, inventada. Fará parte de uma estratégia, como sugerem os Truques, para pressionar no sentido da abertura de mais cursos, eventualmente privados, na área da Medicina? Talvez só a Visão saiba a resposta. Duvido que queira esclarecer…

Anúncios

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s