Falares madeirenses

funchalAbicar-se: Precipitar-se; suicidar-se.
Achada: Pequena planície entre terrenos acidentados.
Adornar: Adormecer.
Ajuntar: Apanhar qualquer coisa caída do chão.
Alcançado: Envergonhado.
Apozinhar: Espezinhar; ferir.
Arrebentão: Trecho de estrada muito declivosa.
Arregoa: Fenda; pequena abertura.
Artejar: Ter pretensões a engraçado.
Atremar: Compreender.
Atupir: Enterrar os animais que morrem.
Azoigar: Morrer (referente a animais).
Baginha: Feijão em meio crescimento e destinado a ser cozinhado.
ilhadamadeira4Baia: Repreensão; tareia.
Barreleiro: Cesto de vime.
Batata: Batata-doce.
Bizalho: Galinha pequena.
Borracho: Bexiga que leva o vinho nas romarias.
Braguinha: Pequeno instrumento de corda.
Busico: Coisa pequena; criança.
Calhau: Praia pedregosa formada de pequenos calhaus rolados.
Cangueira: Cãibra.
Canhota: Inhame ou pimpinela.
Chibarro: Cabrito; homem traído pela mulher.
Chorrica: Diarreia.
Desfrancelhado: Com o cabelo mal cuidado.
Desprestado: Com pouco préstimo.
madeira1Destaivado: Leviano; pouco ajuizado.
Emantado: Triste e sem movimento.
Enfiado: Lívido; tomado de susto.
Enpandeirado: Diz-se do ventre inchado.
Entejar: Enfastiar-se.
Escangalhar: Destruir.
Esteio: Interrupção passageira da chuva.
Favento: Carcomido.
Ferrar: Entrar em briga.
Gadanhos: Dedos; mãos.
Gamelão: Vasilha de pedra em que se deita o alimento aos suínos.
Graveta: Ramo ou haste de plantas sem folhas.
Invejidade: Inveja.
Jaca: Pequeno caranguejo.
Joeira: Papagaio.
Lambar: Engolir; comer com muito apetite.
Lapeiro: O que apanha lapas.
Lapinha: Presépio de Natal.
Lombo: Encosta ou vertente de terrenos elevados.
Mamulhão: Inchaço causado por pancada.
Maneja: Do inglês “manager”: chefe em algum serviço.
Mangra: Doença da vinha.
Matagueira: Matagal.
Matracada: Ruido; barulho.
Mexilhão: Aquele que mexe em tudo.
Mijoca: Bebida ordinária.
Modilhos: Expressões faciais estranhas.
Monqueco: Metido consigo.
Nojência: Coisa imunda e repugnante.
Noveleiros: Hortênsias.
Palhetes: Fósforos.
Pampulhão: Pancada.
Patachada: Frase indecente e ofensiva proferida com raiva.
Pegar: Provocar uma briga.
Pife: Pífaro.
Pilhancas: Alguém muito magro.
Poio: Pequeno socalco cultivado.
Quebrada: Desabamento de terras devido à acção das chuvas.
Rabalhusco: Rezingão.
Rabanada: Voltar as costas em caso de discussão com outra pessoa.
Rajão: Instrumento musical de cordas.
Rama: Planta de batata doce.
Rebendita: Acção de contrariar propositadamente.
Refegão: Golpe de vento inesperado e violento.
Refilho: Rebento das plantas.
Refundiar: Procurar minuciosamente.
Reina: Raiva.
Relampada: Bofetada.
Renhir: Discutir.
Resonda: Repreensão áspera e ofensiva.
Roeza: Sensação de fome.
Sarnica: Pequena erupção na pele.
Sauma ou Saruga: Ramos ou agulhas dos pinheiros.
Semilha: Batata.
Sovento: Pouco limpo e asseado.
Tachada: Bebedeira.
Tapassol: Persiana.
Tarraço: Alcoólico.
Trompicar: Cair, escorregar.
Vasola: Mentiroso; exagerado.
Vendeiro: Merceeiro.
Vidro: Frasco.
Vinhosca: Vinho ordinário.
Zangarilha: Individuo com andar desconjuntado.
Zarabulhento: Desordeiro.
Zoada: Sons confusos ou inteligíveis.

Anúncios

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s