Ainda os exames do 4º ano

examinandaJoão Costa, no Público, apresenta as razões pelas quais é contra a existência de exames nacionais no 4º ano, embora reconheça a importância de haver uma avaliação externa das aprendizagens no final do 1º ciclo, em moldes semelhantes, presumo, às antigas provas de aferição. Descontando alguns exageros pontuais em que o autor incorre na defesa da sua posição, concordo com o essencial:

  • A melhoria real das aprendizagens dos alunos é um desafio que se joga nas aulas e não nas salas de exame;
  • Exames com reflexos nas notas condicionam negativamente as aprendizagens, formatando o ensino em torno das disciplinas, das matérias e das tipologias de exercícios que “saem” nos exames e convidando a “empinar” matéria e a treinar a resolução de provas;
  • Isto prejudica não só as outras áreas disciplinares – as expressões, o estudo do meio – mas também o desenvolvimento da criatividade, do espírito crítico, da oralidade, que são sacrificadas, na fase final do ano lectivo, a favor do treino para os exames.

Os exames não só não têm melhorado as aprendizagens como continuam a registar fracos resultados, apesar do tempo investido na preparação dos alunos. Apenas fazendo exames mais fáceis, encaminhando os alunos mais fracos para percursos curriculares onde são dispensados da sua realização ou recorrendo à ficção dos “exames de escola” tem sido possível apresentar ligeiríssimas melhorias nas médias nacionais. E isto são evidências que só a conveniência política e a cegueira ideológica podem impedir qualquer pessoa sensata de reconhecer.

Anúncios

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s