Está desvendado o mistério

Exames1O DN descobriu já duas razões que explicam a descida nos resultados da prova de Matemática do 9º ano:

Uma terá a ver com o menor peso que tinham este ano as questões de escolha múltipla, passando de 35% para 18% e penalizando os alunos mais fracos. Tem alguma lógica, uma vez que estas questões, embora impliquem um raciocínio correcto para chegar ao resultado certo, não exigem a demonstração de como é que se lá chegou, e nesse sentido serão mais acessíveis a quem não domina bem todas as competências exigidas.

Mas a principal razão será o facto de 1588 exames terem tido zero pontos, o que significa que os alunos entregaram a prova em branco ou erraram em tudo a que tentaram responder. Claro que um valor tão elevado, que corresponde a um aumento de 800% em relação ao ano anterior, puxa para baixo a média de resultados, mas o facto de isto ter ocorrido também não nos deve espantar excessivamente.

Na realidade, alunos que vão a exame com nível 2 sabem que só com um resultado de 70% conseguirão alcançar sucesso subindo, na nota final, para o almejado 3. Sabendo que chegar até lá é para eles missão impossível, torna-se indiferente tirar 0, 30, 50 ou outra nota qualquer. Deixa de haver estímulo para fazer o melhor possível quando se sabe à partida que o melhor de que somos capazes não será suficiente.

São os efeitos perversos da examocracia: podemos achar que o exame funciona como um estímulo para alguns alunos que estão motivados para estudar mais e dar o melhor de si mesmos; tem o efeito oposto naqueles que se sentem desmotivados ou excluídos perante uma barreira que não conseguem ultrapassar.

Anúncios

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s