Nem com um exame mais fácil os resultados melhoraram

exam-question[1]Contra as expectativas dos representantes dos professores e da sociedade científica de Matemática, a média dos alunos que fizeram a prova nacional do 9.ª ano daquela disciplina baixou três pontos percentuais em relação a 2014, de 51% para 48%, e passou a negativa. A Português, os resultados melhoraram três pontos percentuais relativamente ao ano passado, com a média a ficar a nos 58%.

Ora bem, o que há para dizer? Tiveram quatro anos para afinar o instrumento de avaliação e continuamos a ter níveis elevadíssimos de insucesso a Matemática e mesmo um exame tido por mais fácil consegue fazer baixar a média três pontos percentuais.

Parece-me claro que há várias coisas a falhar aqui, nomeadamente: programas demasiado extensos e complexos, ênfase num ensino de cariz demasiado teórico, mecanicista e prescritivo, com pouco espaço para a criatividade e a diferenciação pedagógica, rigidez no modelo organizacional imposto às escolas, que não lhes dá flexibilidade para reduzirem o número de alunos por turma ou desdobrarem-nas em grupos mais pequenos nas situações de ensino-aprendizagem que exigem um apoio mais individualizado.

Nuno Crato e os seus examocratas levaram até ao fim a aposta no pensamento mágico em torno dos exames, como se o simples facto de existirem e terem reflexos na progressão escolar dos alunos conduzisse por si só ao sucesso educativo. Como se a generalidade dos alunos reprovasse porque quer, e o desafio de estudar para um exame superasse só por si as dificuldades de aprendizagem e todas as outras condicionantes que estão por detrás do insucesso.

Para consolação dos examocratas, acrescente-se que nem tudo está perdido. Nem poderia estar, que em ano de eleições há sempre trunfos na manga: pela primeira vez, vai haver 2ª fase de exames nacionais do 9º ano, o que permitirá aos que agora reprovaram conseguirem ainda passar de ano se chegarem aos 50% numa prova que já não fará média com a classificação interna.

Anúncios

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s