Destruir a Segurança Social pública…

…com manobras contabilísticas e subfinanciamento para demonstrar a sua insustentabilidade e a inevitabilidade do recurso aos fundos de pensões privados é uma linha estruturante do neoliberalismo no poder, como bem explica JJCardoso neste post do Aventar.

Bate tudo certinho, como é habitual nas fábulas neoliberais, até ao momento em que um qualquer maganão deita a mão à massa dos PPRs e quejandos e a companhia de seguros abre falência, deixando os “investidores” sem dinheiro e sem reforma.

Parafraseando uma célebre senhora, podemos dizer que o neoliberalismo acaba quando alguém se abotoa com o dinheiro dos outros. De facto, a aventura termina com os lesados a perceberem que, em vez de irem reclamar o seu dinheiro aos “mercados”, é sempre mais seguro exigi-lo aos contribuintes…

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.